<$BlogRSDURL$>

sábado, novembro 29, 2003

A partir de hoje o nosso blog vai passar a ter um contador para controlar o tráfego de visitantes e em breve teremos também um site á disposição de todos os cibernautas.

quinta-feira, novembro 27, 2003

Gostava aqui de relembrar algo que me indigna muito e que vai contra todos os Direitos Humanos. Todos nós sabemos os crimes que Israel comete contra o povo palestiniano, crimes onde viola todas as leis e direitos numa tentativa clara de exterminar um povo, que tem lutado com o que tem e o que não tem contra o tão poderoso lobby judaico. Como se isso não bastasse, parece que o seu fiel aliado (os EUA) está também a tentar aprender a menosprezar a Vida Humana, vejam o caso de Guantanamo. Os EUA fizeram 600 prisioneiros, que se encontram detidos em Guantanamo, para lá de qualquer Estado de Direito, para lá da protecção dos tribunais e à mercê dos vencedores.
Sem quaisquer direitos, estes esperam a condenação á morte sem acesso a advogados nem a tribunais civis, sendo constantemente sujeitos a interrogatórios, onde muitas vezes se usa a força sobre os detidos. Como se não bastasse residem num autêntico "campo de concentração", sem quaisquer condições de habitalidade, enjaulados e acorrentados em gaiolas tão pequenas a que nem um animal devia ser aprisionado.
É assim que um Potência como os EUA querem mostrar o seu ideal de democracia e justiça?! Se é então este Mundo está a andar muito mal..Isto é uma autêntica miséria.

terça-feira, novembro 25, 2003

Nacionalismo Moderno
Antes de abordar a temática que hoje me tras a voces, quero pedir desculpa por estar tanto tempo ausente. A verdade é que uma série de problemas pessoais me mantiveram afastado do blog, mas agora que voltei, voltei em força!
Muita gente hoje em dia tenta definir o que é o nacionalismo. Não vou ser mais um dos que tentam definir esta ideologia, pois creio não ter credibilidade para tal. O que vou aqui falar é do tipo de nacionalismo que nós, hoje em dia e no nosso país, precisamos.
Na minha modesta opinião, creio que Portugal precisa de um Nacionalismo de combate, um Nacionalismo virado para o futuro mas ao mesmo tempo tradicionalista e conservador para apelar ás nossas tradições que a classe politica "ajudou" a esquecer e que constituiam parte importante da nossa cultura.
Não podemos ter medo ou vergonha de assumir que os movimentos Nacionalistas que vigoraram na Europa nos anos 30/40, e no caso português e espanhol até bem mais tarde, tiveram aspectos positivos também! Não é por uma parte da população temer uma nação forte e uma justiça com mão de ferro que devemos dizer que o Nacionalismo do passado é um "papão"! Ou será que os que temem o Fascismo já se esqueceram das atrocidades cometidas pela ideologia que apoiam, que alias tem tanto de utópica como de ridicula...
Olhando o passado, devemos admitir que, a "solução final para o problema dos judeus" adoptada pelo III Reich, não foi a mais racional, mas devemos por exemplo admitir também que parte da obra do Estado Novo português foi impressionante a nivel social, económico, financeiro, cultural, juridico e a nivel do ensino! O regime Nacional-Socialista alemão "arrancou" a Alemanha das garras da falência e fez dela uma das maiores potências mundiais em pouco mais de uma década!
Além de tudo isto é imperativo que nos mantenhamos unidos. Todo um povo unido como um todo para atingir aquilo que Camões e Pessoa ansearam, levantar bem alto o nome da nossa pátria.

"E a nossa grande raça
partirá em busca de uma india nova,
que não existe no espaço,
em naus construidas "daquilo que os sonhos são feitos"
E o seu verdadeiro e supremo destino,
de que a obra dos navegadores
foi o obscuro e carnal antearremedo,
realizar-se-á divinamente."


Devemos todos os dias lutar e viver de forma a que tudo que façamos seja em prol da comunidade nacional, do nosso povo, da nossa nação, pois como li recentemente algures "que é o individuo entregue a si próprio? pasto de lobos". Pois bem, não deixemos que estes lobos nos devorem, devemos unirnos contra eles e derrotá-los. É um dever nacional. Não é á toa que oiço com frequência os meus avós dizerem que o que nos fazia falta hoje era um Salazar. Cometeram-se erros no passado que denegriram o nacionalismo e o marcaram para sempre, mas para isto serve a História, para lembrar os erros do passado de forma a que estes não sejam repetidos no futuro!
Sozinhos somos frageis, juntos somos intocáveis! Tudo pela Nação, Nada contra a Nação!
Voltaram a ouvir falar de mim em breve! Abraços.
Pró Pátria - Portugal Sempre

domingo, novembro 23, 2003

Nacionalismo

Dentro dos próximos tempos irei falar sobre movimentos nacionalistas pós-25 de Abril uns sob a forma de memórias de quem activamente participou neles.. E outros sob a forma de relato histórico espero que apreciem!

Venho tambem pedir desculpa por não ter escrito neste blogue durante uns tempos.. Mas isso só me deu mais Força para de agora em diante avançar com este projecto..!

Morreu!

É com muita pena que nós ( e falo por todos ) assistimos à morte do PuraCritica esse grande blogue Portugues que animou a Blogosfera com a sua humildade e com a sua poderosa sátira.. Um blogue que despertou consciências por este Portugal... Por isso o Puracritica morre e com ele leva um bocado de cada um de nós..
Neste momento já guardei todos os textos lá publicados para depois um dia mais tarde publica-los neste blogue..

Não serás esquecido puracritica..

Saudações Camarada!

quinta-feira, novembro 20, 2003

O Presidente da Câmara de Lisboa, o Sr. Santana Lopes, segundo consta tem faltado ás assembleias municipais, a que por lei é obrigado a ir, para comentar no noticiário da SIC. Quer dizer em vez de ir ás assembleias para estar a par do que se passa no município e de tentar resolver os problemas do mesmo (que não devem ser poucos), anda a fazer de comentador para jornais e revistas. Foi para isso que ele foi eleito?!
Ainda por cima, como se não chegasse aos contribuintes terem que pagar o seu reduzido ordenado, tem contractos com jornais e com a SIC no valor de 1500 contos (é um desgraçadinho). Cria este gajo ser Presidente da República, o que é que ele não iria fazer, ganha mas é juízo!

domingo, novembro 16, 2003

Hoje como estou pouco inspirado para comentar o quer que seja, deixo-vos uma pequena parte da grande obra de Camões, Os Lúsiadas. Três estrofes, onde este de uma maneira encantadora mostra todo o seu patriotismo e nacionalismo:

"As armas e os barões assinalados,
Que da ocidental praia Lusitana,
Por mares nunca de antes navegados,
Passaram ainda além da Taprobana,
Em perigos e guerras esforçados,
Mais do que prometia a força humana,
E entre gente remota edificaram
Novo Reino, que tanto sublimaram;

E também as memórias gloriosas
Daqueles Reis, que foram dilatando
A Fé, o Império, e as terras viciosas
De África e de Ásia andaram devastando;
E aqueles, que por obras valerosas
Se vão da lei da morte libertando;
Cantando espalharei por toda parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.

Cessem do sábio Grego e do Troiano
As navegações grandes que fizeram;
Cale-se de Alexandro e de Trajano
A fama das vitórias que tiveram;
Que eu canto o peito ilustre Lusitano,
A quem Neptuno e Marte obedeceram:
Cesse tudo o que a Musa antígua canta,
Que outro valor mais alto se alevanta."

sábado, novembro 15, 2003

Ao longo deste fim de semana dá-se mais um passo em frente na luta pela causa nacionalista (espero eu e todos nós).
Durante o fim de semana, no Hotel Roma, vai-se realizar o II Congresso Nacionalista, em busca de um nacionalismo de futuro que tanta falta faz a Portugal e aos Portugueses. Boa Sorte camaradas e que tudo corra pelo melhor.
Unidos Venceremos!Por Portugal!

sexta-feira, novembro 14, 2003

Ainda ontem o PR dizia que temos que receber os imigrantes de braços abertos (sim, porque os coitadinhos são tremendamente mal recebidos), hoje quando dava uma vista de olhos no correio da manhã, fiquei aparvalhado a olhar para esta notícia (http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=70023&idselect=10&idCanal=10&p=94). Entram em Portugal 6 mil imigrantes por mês (sim, leram bem, 6 mil), conseguem fazer as contas?! Daqui a uns anos Portugal deixa de ser nosso, se não combatermos urgentemente esta invasão descontrolada.
Isto já nem para falar dos problemas directos que isto traz, como é o caso do aumento do desemprego e da insegurança (já se esqueceram do que aconteceu na linha de sintra na passada semana?!eu não). Acho que o governo já deve ter percebido que não vai ser a legalizá-los que vai combater esta imigração descontrolada (bem pelo contrário), para quando verdadeiras medidas que protegam Portugal e os Portugueses?? O tempo urge e nada se faz, Portugal merece mais do que isto!
Portugal aos Portugueses!!

quinta-feira, novembro 13, 2003

A Provedoria de Justiça apresentou hoje o relatório sobre as prisões portuguesas, entre as 950 recomendações, o Provedor de Justiça pede para que se estude a troca de seringas e a criação de salas de injecção assistida nas prisões portuguesas (estes gajos lembram-se de cada uma). Não chegava esfaltarmo-nos a trabalhar para pagarmos a estadia destes senhores nas prisões portuguesas, agora ainda querem que a gente lhes paga seringas e droga. Será esta a melhor forma de combater o tráfico de droga?! Penso que não, aliás, até acho que assim o governo não combate coisa nenhuma, se facilitam o seu uso. Como diz e bem o nosso colega do Endovelicus (http://www.endovelicus.blogspot.com) qualquer dia os drogados andam ai a cometer crimes para irem dentro e terem direito ás tão desejadas doses.
Por um Portugal puro dizemos não ás Drogas!

quarta-feira, novembro 12, 2003

Parte hoje o contingente dos militares da GNR para Nassíria (onde hoje um atentado suicida vitimou 18 soldados italianos), no Iraque. Estes soldados não têm culpa das políticas pró-americanas deste governo e apesar de sermos contra o envio deste contingente, para uma guerra que não é nossa, devemos dar-lhes o nosso incondicional apoio.
Boa Sorte!Portugal está com vocês!

terça-feira, novembro 11, 2003

Quem melhor do que os revisores para mostrar o quão mal vai aquela Linha de Sintra, hoje decidiram fazer uma greve parcial em protesto pela falta de segurança que se regista naquela zona (http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=69600&idselect=21&idCanal=21&p=94). Talvez o governo agora pense em tomar medidas, é fundamental não só o aumento do patrulhamento bem como a reabilitação de toda aquela zona (pois o mal tem que ser cortado pela raíz).
Curioso foi ver na RTP um senhor de origem africana a dizer que "quem começa sempre os desacatos são sempre africanos, não interessa de que país são".Não percebo é porque é que essa parte é sempre omitida das notícias!?dizem sempre que são "individuos" ou "jovens" mas omitem sempre a parte dos "africanos" ou "negros".Chamem-nos de racistas ou xenófobos, mas a verdade é que os culpados são sempre os mesmos e o grande mal de tudo isto é esta imigração descontrolada.
Quanto ao director das linhas suburbanas da CP (que tentou desdramatizar toda esta situação), eu gostava de saber de que maneira é que a colocação de sistemas de video-vigiláncia e a entrega de telemóveis vai ajudar?!Os revisores vão passar a usar o telemóvel como arma branca é?!É preciso mais acção!!
O BE lembra-se de cada uma, agora quer que os maiores de 16 anos tenham o direito de voto(http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=69558&idselect=90&idCanal=90&p=94), isto deve ser mesmo para chamar atenção (já que a unica maneira de alguem lhes ligar é quando dizem bacuradas destas). Quer dizer aos 16 anos, uma idade de indecisões e incertezas, eles acham que alguém tem maturidade suficiente para tomar uma decisão destas, que pode definir o rumo da Nação?!
Eles com isto deviam era querer que aquelas mentes mais abertas, se deixassem influenciar pelos discursos pro-aborto e pela legalização das drogas e com isso conseguir mais uns votos, já que essa é a única política que o BE conhece e pelos vistos a única maneira que têm de conseguir amealhar mais uns votos.
Felizmente ninguém lhes liga!

domingo, novembro 09, 2003

O novo partido criado pelo excomungado do CDS (Manuel Monteiro), a Nova Democracia, ainda não fez nada, mas graças aos media tem conseguido ganhar uma tremenda reputação (a comunicação social arranjou um novo brinquedo). Abrem o jornal a falar da ND, vem na primeira página dos jornais.. Estou mesmo a ver, não vão fazer nada de jeito, mas os media vão lhes arranjar os votos necessários pra eles conseguirem chegar ao parlamento e se poderem juntar aos outros palhaços que lá andam (sim, porque a ver por aquele 1º congresso, aquilo é um autêntico circo). E a história parece que se vai repetir, tal como aconteceu com o BE, que conseguiu chegar onde chegou graças aos media e não ao seu trabalho(trabalho esse que é muito mau). Mais uma vez a comunicação social volta a mostrar que é uma arma muito poderosa, pois detêm poder suficiente para comandar a vida política do País (é pena é estar nas mãos erradas), uma prova disso são estes partidos fantoches. Portugal merece mais e melhor!!!

sábado, novembro 08, 2003

Esta semana vinha no Correio da Manhã (deve ter sido o único jornal que não abafou esta notí­cia) uma notícia referente a um assalto a um comboio, perpetuado por cerca de 200 indivíduos de raça negra. Tenho que admitir que quando cheguei ao fim desta notícia fiquei claramente revoltado mas já não é nada que choque, porque afinal de contas coisas destas acontecem cada vez mais e mais (e da maneira que legalizamos estrangeiros, estas incursões parecem estar longe de acabar).
Os coitadinhos dos imigrantes, que os políticos tanto gostam de legalizar, voltaram a fazer das suas. Desta vez conseguiram provocar o caos auténtico na linha de Sintra, feridos, armas, inúmero material roubado, destruição do próprio comboio.. Muito bem, espero que aqueles que tanto lutam por eles estejam satisfeitos, deve ser uma boa forma de eles recompensarem o árduo trabalho que o povo portugués tem para os sustentar (e como se não chegasse ainda temos um governo sempre pronto a arranjar lhes subsídios e facilidades). É revoltante ver o povo português ser relegado para segundo plano por gente desta que vem para aqui destruir aquilo que é nosso e pelo qual tanto lutámos (tantos anos de vitórias e conquistas para acabarmos assim?!).
Mais revoltante ainda é ver que incidentes destes que acontecem a um ritmo quase diá¡rio são constantemente abafados e remetidos para segundo plano, ora pela comunicação social, ora pelo governo (provavelmente não querem saber, coisas destas não trazem votos). Mas como se não chegasse esta falta de actuação do governo e dos medias face a estes escândalos, a actuação das forças policias também não fica muito a desejar. Em 200 gajos detiveram 1?! (dizem que eles fugiram por ruas estreitas despistando-os, não me digam que 200 negros a correr não dão nas vistas...lamentável) isto é quase anedótico, provavelmente esse 1 até já deve de andar por ai a fazer das suas outra vez. Pagamos para termos mais segurança, mostrem pelo menos esforço e vontade de fazer por isso!
Eu não sei, podem me chamar racista e xenófobo, mas eu acho que nós Portugueses já estamos fartos de cenas lamentáveis como esta, até quando é que isto vai durar?! O governo bem que podia ter mais consideração por todos nós (mas eles têm mais em que pensar, como se isto fosse algo importante, nem sequer trás votos). Eles não lutam por nós nem por Portugal! Acho que chegou a nossa vez de lutarmos pelo bem da nossa Nação, afinal isto ainda é nosso!!!! Portugal aos Portugueses!!!

sexta-feira, novembro 07, 2003

Cria realçar a manifestação que se realizou hoje na Figueira da Foz, a favor da causa de Olivença (caso os meios de comunicação não se lembrem de o fazer, ou tentem remeter esta importante luta para segundo plano). Esta manifestação é uma prova viva de que os Portugueses apoiam uma Olivença nacional e que não se esqueceram desta grandiosa causa. Continuem a lutar e a contar com o apoio de todos nós!

Olivença é nossa!Olivença é Portugal!

terça-feira, novembro 04, 2003

Primeiro os portugueses!
Eu insisto e continuarei a insistir em aludir a situações que observo no meu dia-a-dia para abordar o sentimento nacionalista (ou a falta dele) na nossa sociedade.
Esta observei uma atitude no minimo curiosa de uma Sra. Dra. que me dá aulas de Dramaturgia da Comunicação Humana. Passo a explicar:
Como será do conhecimento geral existe um programa a nivel internacional de intercâmbio de estudantes universitários que se chama ERASMUS. Ora, esses alunos, chegam aqui em Portugal em massa, nomeadamente dos PALOPS, não pagam propinas, muito menos alojamento(que fica ao encargo da Universidade, nas residencias universitárias), têm uma percentagem de vagas garantidas, etc. O caso que vou relatar é de duas jovens espanholas da Universidade da Extremadura.
As referidas jovens chegam aqui, de para-quedas, com aspecto de quem pouco mais vem fazer do que passear e, coitadinhas, têm de ser bem acolhidas e integradas. Tudo bem, mas a que preço? Passando os Portugueses para trás?
Ora numa das minhas cadeiras a turma está dividida por grupos e está a elaborar um trabalho que se encontra já numa fase algo adiantada. As espanholas, coitadinhas, como têm de ser bem acolhidas vão integrar um grupo já anteriormente formado, e vão ser poupadas a muito, muito trabalho enquanto que, os que agora entraram na 2ª fase como, na opinião da Sra. Dra., não precisam de ser integrados, têm de tratar de formar, entre si, novos grupos e iniciar o trabalho e também apressá-lo de forma a alcançar o nível dos que já há muito começaram. Será justo? Será que não pesa na consciencia da Sra. Dra. este facto? Estamos a ser passados para trás na União Europeia e agora no nosso próprio país. É obvio que o exemplo que dei é minusculo se compararmos com médicos, professores, operários de constrição cívil e outros que estão no desemprego, porque Portugal teima em aceitar esta politica Europeia de aceitar tudo quanto vem de fora, seja bom ou mau, seja produto ou humano. Penso que está na hora de entregar Portugal aos Portugueses! Para isso estamos cá nós! Pró Pátria
À uns dias atrás reparei num grupo de jovens que discutia o que realmente era ser Português e apercebi me, que tanto eles como muitos daqueles que se auto apelidam de nacionalistas não sabem o que realmente faz de nós Portugueses. Uns dizem que o principal é o solo, o sitio onde nasces. Outras apelam que é a língua que nos torna português e outros ainda que são as tradições. Então e o Sangue, será que não conta?! Não será o sangue que nos traz isso tudo?!
A razão pela qual somos lusitanos é o sangue que foi preservado de geração em geração e que se fez acompanhar de toda uma Cultura, Língua, Tradições e História. Com o passar dos Tempos muita coisa foi corrompida mas este manteve-se inalterável, permitindo-nos ter uma identidade própria e distinta, a Lusitana!!! Á que ter orgulho nisso e lutar para que possamos recuperar a nossa Cultura e História.

“De sangue, suor e lágrimas se fez Portugal
Sangue daqueles que por nós a sua vida deram,
suor daqueles que á pátria confinaram a sua vida..
E lágrimas daqueles que neste momento vêem o estado e o rumo em que a sua ditosa pátria se perde..”
Nuno Portugal

sábado, novembro 01, 2003

Como não devemos estar sempre a criticar, hoje, para alterar a rotina, cria tecer um elogio à atitude do Prof. Jorge Miranda, pela sua insistência e constante crítica face ao projecto de constituição europeia, que pretende relegar para segundo plano as soberanias nacionais dos Países que se vão submeter a esta nova constituição europeia, tal como ele diz, isto é um autêntico “Suicídio Constitucional” (http://jornal.publico.pt/2003/10/31/Nacional/P52.html). Cria aproveitar este elogio, que faço aqui desde já, para mostrar a muito boa gente que, por vezes para se ser um bom português não é preciso ser se adepto de movimentos nacionalistas ou andar ai a publicitar-se como um grande nacionalista. Muitas vezes vale mais uma boa acção do que mil palavras.

Europa Sim, mas não assim!! Portugal aos Portugueses!!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?