<$BlogRSDURL$>

sábado, janeiro 31, 2004

Piada do Dia

Esta é para rir! De acordo com a edição deste sábado do Expresso, Alberto João Jardim pode ser o próximo presidente da AR.
Das duas uma, ou foi a única maneira que arranjaram para livrarem a Madeira do gajo, ou então, estão a tentar tornar as sessões da Assembleia mais entusiasmantes, já que a maioria dos deputados ou falta ou passa a sessão a dormir.

Imigrantes Reivindicam

Onde é que isto já chegou. Estes gajos chegam cá clandestinamente e já se dão ao luxo de fazerem manifestações, a exigir a sua legalização e direitos iguais aos dos Portugueses.
É o que eu digo, qualquer dia isto deixa de ser nosso, já faltou mais. A continuarem a exigir desta maneira e o Governo a conceder-lhes tudo o que os coitadinhos querem, não tarda muito são eles que estão no Governo.
Estes gajos mereciam era que corrêssemos com eles todos, como fazem os outros países da Europa. Veja-se o caso da França, onde chegaram a ocupar um edifício religioso, foram todos identificados e posteriormente expulsos.
O mais grave ainda é que muitos deles nem sequer vêem para trabalhar, como se pode ver no post do camarada do Cegos, Mudos e Surdos, que revela parte da decadência que estes coitadinhos trazem para o nosso País.
A imigração não é a solução para Portugal. Portugal aos Portugueses!

sexta-feira, janeiro 30, 2004

Os novos Sinais de Trânsito para 2004

Face aos acidentes registados no ano transacto, o Governo decidiu por em vigor os seguintes Sinais de Trânsito:




Médio Oriente Sangrento

As Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, responderam à última incursão israelita na Faixa de Gaza com um brutal atentado, mesmo à porta da residência do Sr. Sharon. Acho que este atentado lhe vai tirar o sono durante umas boas noites, pois a resistência palestiniana conseguiu mostrar que, apesar de todos os muros e controlos fronteiriços, ninguém está imune à sua destruição.
Apesar de ambos os lados estarem em tréguas, é derramado sangue todos os dias, tanto de um lado como do outro. E mais uma vez as vítimas são civis e não os culpados por este contínuo massacre. Para quando uma solução para o Médio Oriente?! Será que os Senhores do Mundo não se apercebem da situação?! Quantas mais vidas terão que ser tiradas?!

quinta-feira, janeiro 29, 2004

O Perigo Espreita

A polícia turca apreendeu anteontem, em Istambul, uma tonelada de heroína. A maior quantidade de sempre apreendida na Europa. A heroína era proveniente do Afeganistão e do Paquistão e tinha como destino a Europa.
Como se sabe a Turquia é um importante ponto de passagem do tráfico de droga, proveniente daqueles países para a Europa. Segundo as estimativas, só nos últimos 11 meses, a polícia já apreendeu 3,5 toneladas de heroína.
Até aqui tudo bem! Agora imaginem a Turquia pertencendo à União Europeia, com as fronteiras totalmente abertas. Conseguem imaginar estas toneladas todas de droga a circular livremente por toda a Europa?! Esperemos bem que isso não venha a acontecer.

Afinal quem é que está desesperado?!

O Louça considera um acto de desespero o recente acto de vandalismo contra os seus cartazes pró-aborto. Diz que os autores deste terrível crime são uma cambada de Talibans, o homem é culto, é pena é que um aborto destes seja a favor do aborto.
Desespero acho que é a política do BE, que tem como única finalidade ir repetindo referendo atrás de referendo até eles conseguirem ganhar algum. Felizmente ainda vem longe o dia em que isso irá acontecer.

terça-feira, janeiro 27, 2004

Os benefícios da Imigração

Numa altura em que tanto se fala da imigração, dos seus problemas e dos seus benefícios, deixo-vos aqui mais um exemplo do mal que querem trazer para Portugal.
Vêm com a desculpa que são uns coitadinhos, uns desgraçados, que nós portugueses somos piores que o diabo. Vejam o caso deste que entrou aos tiros numa discoteca...de cadeira de rodas.
A violência é o seu instinto natural!

segunda-feira, janeiro 26, 2004

O último sorriso do húngaro

Aos 90 minutos de jogo, quando tudo apontava para um desfecho normal do encontro, eis que Fehér tomba brutalmente no relvado para uma morte inevitável. Despediu-se de todos nós com um grande sorriso e é com esse mesmo sorriso que devemos recordar aquilo que foi um grande homem e um promissor jogador.
Foi com enorme tristeza que segui esta tragédia pelos meios de comunicação. É uma grande perca para o futebol, em particular o português, mas mais do que isso, é uma enorme perca para todos nós de alguém que foi sempre fiel aos seus e que fez sempre por prevalecer a alegria entre aqueles que o rodeavam. Em memória do húngaro hoje não postamos mais nada. Adeus Fehér!
Pró Pátria Renasce

Antes de 2003 tinhamos prometido mudanças, ei-las.
Para tentarmos contrariar o fim do blog decidimos unir as nossas forças com as do camarada do Endovelicus. Assim, a partir de hoje o camarada Lusitânia vai passar a contribuir também no renovado Pró Pátria.
Pedimos desculpa aos nossos caros leitores por este período mórbido do blog, vamos tentar contrariá-lo a partir de hoje.

segunda-feira, janeiro 19, 2004

Já ninguém acredita que a União Europeia é benéfica para o nosso país, no entanto, alugns parece que ainda têm medo de que um "Não" a esta Europa Federalista seja um contributo para o nosso isolamento neste cantinho do velho continente, ou que seja um entrave ao nosso desenvolvimento.

É urgente a realização do tão publicitado e ansiado referendo sobre a Europa. É preciso chegar a uma conclusão e saber, afinal, o que querem os portugueses. Será que querem continuar a ser manipulados por Bruxelas, sendo obrigados a aceitar restrições á produção, coimas por não atingir determinado nível de desenvolvimento e emigração aos milhares? Ou estarão, por outro lado, os portugueses fartos da "tirania dos mais ricos", e saudosos dos velhos tempos em que nações com um passado comum faziam mais do que invadir os mercados e aplicar coimas umas ás outras?
A ideia, não é a de uma Europa dividida por fronteiras fortemente vigiadas, onde nada nem ninguém pode entrar ou sair, a ideia é a de uma Europa onde os estados são autónomos e respeitam essa mesma autonomia, onde povos e nações se consciecializam das suas raízes comuns e marcham lado a lado pelo seu direito à posse das suas terras e onde as raças se respeitam sem terem que, para tal, se invadirem e destruirem culturalmente.
Continuar nesta Europa não faz sentido. Quando os nossos políticos tiverem a coragem de fazer o referendo, vote Não, com a consciência de que não se trata de um "Não" à Europa, trata-se isso sim de um "Não" a Bruxelas e um "Sim" à Europa. De qualquer forma, a Europa Federalista da forma como a conhecemos está prestes a cair, esperem só, até aos nossos camaradas Franceses levarem Le Pen ao poder...

Aproveito aqui também para informar que a web page deste blog já está on-line em www.pro-patria.web.pt

segunda-feira, janeiro 12, 2004

De volta
Finda a quadra natalícia e quase finda a época de exames na faculdade, estou de regresso. De regresso para vos dizer que o nosso povo não será um povo conquistado!
Desde sempre, e por todo o Mundo, o povo português foi sempre conhecido pela sua história de conquistas, pelas descobertas feitas, pelo império obtido, em suma, como um povo conquistador.
Nos últimos tempos temos sido invadidos por estrangeiros que, e não tenhamos medo de dizer, nos vêm roubar os empregos, aglomerar-se naquilo que elegantemente se chamam bairros sociais, mas que são realmente bairros de lata,nas periferias das nossas cidades e no coração do nosso país! Muitos arranjam emprego, mas um largo número de outros acaba na marginalidade, a assaltar-nos nas nossas próprias ruas.
A nível económico o nosso país começou já a ser comprado, nomeadamente por Espanha. Recentemente, uma empresa escocesa comprou os direitos da Água do Luso e da Cerveja Sagres, dois produtos nacionaisque ainda davam cartas no mercado, cujos lucros revertem agora para outro lado...
Isto é um pequeno exemplo do que todos os dias acontece em larga escala.
Os espanhóis já são donos de metade de Portugal, o povo de conquistadores pode tornar-senum povo conquistado...
Chamem-me fascista, Nazi, se quiserem! Mas eu não vou deixar de lutar pela soberania do meu país, e do direito dos portugueses á posse de Portugal!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?